Ilha do Príncipe: Sózinha na praia Macaco.





Os bungalows da praia Macaco



Água morna q.b., totalmente transparente.




Enquanto passeávamos com os nosso guias, falaram-nos deste local, a Praia Macaco, como sendo uma das praias mais bonitas da ilha do Príncipe, juntamente com a praia Burra e a praia Banana. Pedimos para nos levarem até lá e avisaram que o caminho por estrada estava impedido com troncos de árvores caídas. Tínhamos de andar uns 15 minutos a pé. Na boa,, b'ora lá. Quando chegámos perto do mar, encontrámos um resort fantasma, uma coisa estranhíssima de se ver. Imaginem um resort de luxo, com bungalows, piscina, restaurante, mas completamente às moscas, junto a uma praia de cortar a respiração. Mete dó. Há dois anos atrás, estava tudo pronto para inaugurar. Tudo mesmo. Mas os sócios entraram em conflito e o resort está-se a degradar e não tarda é engolido pela vegetação. A praia é fabulosa, como se pode ver, e foi aqui que tomámos o nosso primeiro banho de mar nesta ilha. Foi a meio do dia, estava calor e a caminhada ainda nos deixou mais encaloradas. Assim que mergulhámos e nos sentimos refrescadas, olhámos uma para a outra e, numa só voz, deixámos escapar em simultâneo um prolongado "Aaaaaaaaaahhhh!!!!!". E depois veio a gargalhada da praxe, seguida de alguns minutos de puro êxtase e de contemplação. Não sei ao certo no que pensava a C. durante este silêncio, mas não devia ser muito diferente do pensamento que me ocorreu naquele momento: Sentirmo-nos vivos pode ser uma coisa absolutamente maravilhosa!

2 comentários:

  1. ja, me senti assim!! en republica dominicana samanaa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria. Não sabia que na Répúblca Dominicana havia praias sem ninguém, é sempre bom saber :-)

      Eliminar