Onde dormir na ilha do Príncipe

O meu "hotel": o edifício da Santa Casa da Misericórdia da ilha do Príncipe.
Telefone local: 00239 9906559.
A entrada para um dos quatro quartos que se pode alugar por 15 euros a noite
O quarto era limpo e com uma decoração simples mas agradável. Para quê ter
ar condicionado se a energia é cortada em todo (!) o lado entre as 0h00
e as 8h00 e as 15h00 e as 17h00?


Uns dois meses antes da viagem, e porque adoro fazer o TPC antes de ir viajar (dá quase tanto gozo como a viagem em si), comecei a pesquisar locais onde pudesse ficar a dormir na ilha do Príncipe. Depois de algumas consultas na net, lá percebi que em termos de dormidas a ilha do Príncipe é 8 ou 80. Existem apenas três pensões na "cidade" de Santo António - a Pensão Palhota (que tem fama de ser a melhor solução logo a seguir ao resort de luxo, cobra 70 euros por noite em quarto duplo e não faz jus ao nome "palhota"), a Pensão Arca de Noé  e a Residencial D&D - existem também uma ou duas roças isoladas que alugam quartos ( Roça Abade e Roça Ponta do Sol) e depois, extremo dos extremos, o Bom Bom Island Resort, um eco-resort de luxo com preços de 170 euros por pessoa e por noite....Upa, upa, puxadote! Está bem que inclui pensão completa e praias privativas, mas ainda assim é um preço muito elevado tendo em conta que na ilha todas as praias estão desertas, e quando à meia-noite a energia é cortada, é cortada para todos! Ou seja, de nada serve ter ar condicionado se à hora de ir para a cama a energia vai-se e só regressa às 5 da manhã..... Acabei por optar por uma solução ainda melhor- A minha amiga T, tinha um amigo a viver no Príncipe e ele disse-lhe que a Santa Casa alugava quartos por 15 euros e ficava no centro da vila. E assim foi, passámos duas noites na Santa Casa num quarto agradável, limpo, com mosquiteiro e ventoínha. Como só estávamos nós nos quartos, tinhamos as 2 casas de banho por nossa conta. E o duche de água fria até sabia bem, apesar de estar um calor bastante suportável na ilha em Dezembro, tanto de dia como de noite. Enfim, "back to basics". E se querem saber, não me custou nadinha prescindir de algum conforto durante dois dias. Voltava a dormir aqui sem qualquer problema. Além de ser limpo, barato e central, apresenta até a grande vantagem de, durante os finais de tarde, ter classes de danças africanas com crianças e adolescentes da ilha. Assisti a vários shows, refasteladinha num cadeirão, depois de um duche revigorante. 

Pintada de verde-cueca e um rosa forte, a Pensão Palhota dificilmente
passa despercebida... Consta que é decente, tem ar condicionado (quando funciona...)
e serve boas refeições a partir de 10 euros. Um quaro duplo fica em 60 euros/noite.
Ah! E tem Wi-Fi grátis! 

A entrada para a Residencial D&D
A ponte que liga a ilha do Príncipe ao ilhéu Bom Bom

O Bom Bom Island Resort (na foto de cima) tinha apenas duas hóspedes na altura em que o visitei (telefonei no dia anterior a pedir para lá ir passar uma manhã inteira e simpaticamente disseram logo que sim). Mas já estava lotado para o fim de ano. Aliás, disseram-nos, durante a nossa estadia na ilha, que só estavam 6 turistas no Príncipe, já a contar connosco! Nunca tinha estado num sítio tão recôndito e tão pouco turístico! Eramos só nós as duas, mais duas tugas que estavam no Bom Bom  e que viemos a conhecer mais tarde (vale a pena ir num pacote para o bom Bom, fica mais barato) e um casal de alemães. Daqui a alguns anos, talvez as coisas sejam diferentes. O dono do Bom Bom, um sul-africano que não tem nada de pobre, já negociou a concessão de várias roças e promete investir no turismo ecológico durante os próximos três anos. A população está desejosa de ter mais turistas na ilha até porque isso implica a construção de um hospital, a melhoria do aeroporto e mais ligações para a ilha de São Tomé. E. quem sabe, talvez o barco comercial que pode levar 300 passageiros deixe de transportar apenas mercadoria.

51 comentários:

  1. Tenho viagem marcada para S. Tomé e Príncipe de 8 a 23 de Abril. A leitura do blogue relativamente à ilha do Príncipe suscitou-me algumas dúvidas.
    Estou a pensar dormir lá 3 noites, será demais? Não há táxis ou carros para alugar? é que para mota já sou velhote....O sul da ilha não tem interesse?
    Se puder ajudar agradecia
    J cavaleiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Srº Joaquim Cavaleiro, tomo a liberdade de responder a algumas das suas questões dado que , vivi dois anos na ilha do Principe e ja lá voltei por duas vezes mais. No que respeita á cidade de Sto Antonio do Principe, dou como dicas o seguinte, o resort BOM BOM é sem duvida o que tem mais condições e nunca falta a energia eles tem gerador próprio , a estadia adquirida na agência é a mais vantajosa e pode disfrutar do espaço que é lindo. No que respeita à pensão palhota é rudimentar, o preço deve ser negociado na agência ou com o proprio antes de viajar(srº Alex) ele encarrega-se dos transferes. Quanto à viatura aluga-se um jipe com condutor que é a melhor maneira de conhecer a illha sem grandes transtornes, podendo visitar todas as roças ainda visitaveis, como a roça Sundy, Belmonte, Ponta do sol, S. Joaquim, o miradouro da praia banana, a praia macaco e muitos mais locais . Boa viagem se necessitar de mais alguma informação disponha.

      Eliminar
    2. Olá Guida! Se tudo correr conforme previsto, dentro de sensivelmente 2 meses irei mudar-me para o Príncipe, por um período previsto de 2 anos. Trata-se de um desafio e uma aventura pois só saí do nosso Portugalzinho 1 vez e por uma semana (Suíça). Por aqui percebe a montanha de dúvidas e incertezas que tenho... Não querendo profanar um blog de viagens com perguntas sobre "viver na ilha do Príncipe", pode ceder-me o seu email para que a possa massacrar com um monte de perguntas? Começarão logo com a forma de fazer chegar as tralhas :)
      Obrigada

      Eliminar
    3. Olá Dulce, peço desculpa na demora da resposta mas estive de férias. Se me quiser escrever, use a caixa de contacto por baixo da minha foto que eu prometo responder a tudo o que puder. Esses dois anos vão ser uma experiência única! Podem vir as perguntas :-)

      Eliminar
  2. Caro Joaquim

    Eu dormi duas noites e deu para ver a ilha quase toda. Três noites parece-me uma boa conta, porque pode andar com mais calma e ver mais roças e mais praias. E que praias, são magníficas! Táxis não há, mas posso dar-lhe o email do Sandino, com quem ainda hoje mantenho contacto, e ele trata de lhe arranjar transporte com condutor. Eu andei quase sempre de moto, à pendura, e se de início estava com receio, acabei por adorar. Pedi para andarem devagar.
    Faça as perguntas que quiser :-) Tenho muito gosto em ajudar. Outra coisa, se puder, leve coisas para oferecer às crianças: roupa, material escolar, brinquedos. As crianças ficam radiantes.

    ResponderEliminar
  3. Elsa
    Se não há táxis como se faz o transbordo do aeroporto para Sto António? E o sul da ilha ou a roça Joaquim não valem a pena ver?
    Qto ao resto, costumo fazer isso. Já o fiz para a Gâmbia e Cabo Verde. Aliás ate já comprei umas bolas de futebol e umas Tshirt agora nos saldos. O meu problema é o peso. A minha mulher era professora de geografia e tenho aqui alguns livros que podia levar, mas como?

    ResponderEliminar
  4. Não se preocupe porque a chegada do voo de São Tomé é um acontecimento na ilha e facilmente se arranja boleia. Há sempre pessoas prontas para ajudar, à espera de ganharem uns trocos Mas até lá, arranjo-lhe o contacto do Sandino. Escreva-me por favor para o meu e-mail pessoal e eu envio-lhe o telefone e email do Sandino. Caso fique alojado na Pensão Palhota, acredito que eles tratem do transporte. E claro, se ficar no bom bom Resort, é garantido que o vão buscar.
    elsafaria@gmail.com

    ResponderEliminar
  5. Olá Elsa, estava a ler o seu blog e como vou com uns amigos a STP, no Príncipe vamos ficar na Santa Casa da Misericórdia. No entanto, estamos a tentar ligar pa o número que deu, mas não funciona. Tem outro contacto? Obrigado, Jorge Augusto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jorge, vou tentar confirmar o telefone mas posso adiantar que já várias pessoas me escreveram a dizer que reservaram casa na Santa Casa. Ainda assim, vou averiguar o que se passa e volto a escrever em breve.

      Eliminar
    2. Caro Jorge

      Aqui tem a mensagem que me enviaram hoje:
      O número de telefone da pessoa que agora está responsável pela Santa Casa é:9927808. Chama-se Milai. Quanto ao carro ou tour,penso que é melhor tratarem quando chegarem ou perguntar logo à Milai sobre transporte do aeroporto e para a volta!

      Eliminar
    3. Muito obrigado Elsa! Nós vamos ficar 2 dias no Príncipe. É necessário carro para conhecer a ilha?

      Eliminar
  6. Olá Jorge, pode optar entre um jeep ou arranjar alguém que o leve a passear de moto, como eu fiz. Peça contactos na Santa Casa ou no restaurante da Juditinha. E depois conte-me, por favor, como foi a sua viagem. Obrigada

    ResponderEliminar
  7. Ola Elsa.
    Conheço bem S. Tome e a ilha do Principe e é mesmo como diz. Não há taxis mas há sempre quem alugue um carro .
    Sem duvida que a melhor maneira de conhecer a ilha é tentar arranjar um carro com condutor, eles leva-nos a conhecer a ilha que é linda, com os verdes intensos e diferentes. O Ilheu BOMBOM é mesmo como se diz BOMBOM, ja tive o prazer de lá ficar e é uma delicia, tudo é lindo , respira amor e paz.
    As pessoas que para lá viagem não podem esperar evolução , é uma ilha onde o tempo parou, tudo é leve-leve, mas a simpatia do povo e a beleza da ilha compensa tudo o mais. As pessoas sao muito humildes, simpáticas e generosas. Tb concordo consigo quando diz que se deve levar lembranças para as crianças, trata-se de um País com muitas necessidades que se reflete muito ao nivel das crianças, necessitam de tudo e qualquer lembrança as faz feliz , é muito gratificante ver seus sorrisos agradecidos. Quanto á pensão palhota do srº Alex recomendo negociar o preço antes de la chegar, vejam o nº de telefone que se encontra na internet pois os 70€ será com pensão completa e a comidinha é muito boa.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  8. ola, podem me dar algum contacto no Principe de algum que tenha um jeep para alugar com condutor ?

    aguardo
    obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula. Por acaso, vou estar amanhã com um dos meus guias que veio a Portugal tirar um curso. Vou pedir-lhe o telefone de lá. Mas tenho a certeza de que se for ao restaurante da Juditinha (só existem mais dois ou três na ilha do Príncipe) e perguntar pelo contacto do Sabino ou do Isaías, lhe dão o nº de telefone. Já agora, se puder, ande à pendura de bicicleta a conhecer a ilha. Quando me sugeriram fazê-lo, torci o nariz. Mas depois já não queria outra coisa. Boa viagem e depois dê notícias.

      Eliminar
  9. obrigada Elsa, somos 4 pessoas e necessitava logo a chegada para fazer o transporte entre o apt e o bombom e depois combinar os passeios. fico a aguardar e o telefone ou entao se ele tiver um email do seu guia, seria optimo.

    aguardo
    obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quando é que chegam ao Príncipe?

      Eliminar
    2. Olá Paula
      Deixo-lhe o e-mail do Isaías que vai ser um óptimo guia da ilha do Príncipe. Posso adiantar que ficámos amigos. Já agora, se tiver possibilidade para tal, leve roupas usadas, canetas, sabonetes ou, melhor ainda, enfeites de Natal, para oferecer nas roças às crianças.

      isaiascassandra@gmail.com

      Depois gostava muito de saber como foi a estadia. Boas férias

      Eliminar
  10. Boa tarde Elsa,

    No meio das minhas pesquisas sobre como visitar a ilha do Príncipe, encontrei este Blog que achei curioso e muito útil, principalmente pelas dicas e ideias que deixa para quem pretende visitar a ilha, o que muito ajuda para quem se sente meio perdido:)

    Vou a S. Tomé agora em Junho e pretendo ir ao Príncipe 3 noites e já inclusivê reservei a viagem de avião. Mas falta-me o alojamento :-) e vi no Blog que fala da Santa Casa da Misericórdia como uma excelente ideia para se ficar. Será que o contacto que menciona ainda funciona (9927808), basta digitar esses números? E o indicativo qual é? A Sra. que mencionou - Milai ainda estará por lá:)

    Tb reparei que falou sobre um guia, Sr. Isaías, será que devo contactar-lhe....

    Vou esperar pela sua resposta, se achar pertinente e agradeço qualquer ajudinha ou conselho, pois vou sozinha.

    Muito obrigado.

    Mónica Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mónica
      Deixo-lhe o contacto do Sandino que, juntamente com o Isaías, fez de guia durante a minha viagem. Não sei qual é o indicativo de São Tomé mas é pesquisar na net.
      sandino.5@hotmail.com telefone: 9917308 ou 9978058
      E o contacto do Sr. Marcelino, gerente da Santa Casa é o 9905195
      A Santa Casa é um lugar simples mas limpo e o quarto é confortável. Já várias pessoas que me escreveram através do blog ficaram lá instaladas. Se puder, vá comer ao restaurante da Juditinha que é um amor de pessoa e mande um beijinho meu. Vai ver que no segundo dia já conhece quase toda a gente da cidade mais pequena do mundo, Boas férias e depois escreva a contar como foi.

      Eliminar
  11. Olá Elsa,

    Muito obrigado por responder, fiquei muito contente.

    Já apontei todas as dicas que me deu, inclusivê os nomes das pessoas e garantidamente lhes entregarei os seus cumprimentos :)

    Mais uma vez estou muito grata pela sua simpatia.

    Assim que regresse darei o meu feedback sem falta.

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Mónica. E não deixe de ir visitar a Praia Banana, uma das praias mais bonitas que já vi.

      Eliminar
    2. Olá Elsa,

      Depois de um regresso conturbado provocado pelas constantes alterações de voo da TAP, cheguei a Portugal maravilhada pela fantástica ilha de S. Tomé e Príncipe.

      Agradeço-lhe todas as dicas e conselhos, deram imenso jeito. Principalmente, o contacto da Santa Casa da Misericórdia na ilha do Príncipe, gostei imenso de lá ficar. Um sítio bastante acolhedor, simpático e prima pela excelente localização. O gerente Sr. Arcelino foi excecional. Almocei no restaurante da D. Juditinha que aconselho vivamente, deixei cumprimentos da Elsa que a própria reconheceu perfeitamente.

      Consegui conhecer o arquipélago quase todo, incluindo ilha do Príncipe, ilhéu das Rolas e ilhéu das Cabras. No entanto, quem diz que 2 semanas chegam para conhecer a ilha, não acho assim tão linear, pois existe imensa coisa para fazer, muitos passeios, trilhos, atividades, festas, além das magníficas praias para disfrutar. Portanto, terão de ser muito bem geridas de forma a rentabilizar o tempo todo. Ainda deixei muita atividade por fazer, que ficará para uma segunda oportunidade. Sim porque, quem vai a África e não regressa é porque não conheceu o seu verdadeiro encanto. Antes de realizar esta viagem dizia para mim mesma que seria uma viagem única, que se faz uma vez na vida, mas depois de lá estar ficamos rendidos àquela magia e queremos sempre repetir.
      Foi sem dúvida das minhas melhores viagens de sempre….

      Muito obrigado.

      Até breve,

      Mónica Oliveira

      Eliminar
    3. Olá Mónica
      Nem imagina o quanto gostei de ler esta sua mensagem! Deu para perceber que viveu intensamente cada momento e que aproveitou muitíssimo bem o seu tempo. Eu sei que um dia vou regressar ao Príncipe certamente onde criei uma ligação especial com várias pessoas como o Sandino, o Isaías e a Juditinha. As pessoas são incríveis, tal como as paisagens. Não é por acaso que muitos dos folhetos de promoção turística de São Tomé usam imagens da Praia Banana. Se tudo correr como previsto, para o ano volto lá. Obrigada uma vez mais pelo seu relato e vá partilhando as suas viagens sempre que quiser.

      Eliminar
  12. Olá Elsa

    Estou a pensar ir a S.Tomé e possivelmente visitar a ilha do Príncipe, mas estou com um pouco de receio quanto à malária. Poderá eventualmente informar-me dos perigos reais na ilha do Princípe?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jose
      Apesar de na ilha não haver registos recentes de malaria (mesmo em São Tome, a situação melhorou astante e os portugueses que la vivem nãofazem nenhuma medicação), eu fiz tratamento preentivo para não arriscar. São Tome teve,em tempos, uma estirpe de malaria muito perigosa e nestas coisas de saude ter cidado nunca e demais. Sugiro que va a uma consulta no Instituto de Medicina Tropical para se aconselhar. Tenha uma excelnte estadia!
      Elsa

      Eliminar
  13. Olá Elsa
    Eu e a minha esposa marcamos hoje a viagem para a ilha do Príncipe para a segunda quinzena de Setembro, onde ficaremos no ilhéu do Bom Bom por cinco dias. Consultando o Googles Maps verifiquei que a mobilidade no ilhéu será um problema. Após leitura atenta do seu blogue verifiquei que a Elsa refere-se ao Sandino e ao Isaias, pergunto-lhe se o contacto continua a ser:
    sandino.5@hotmail.com telefone: 9917308 ou 9978058.
    Iremos ao restaurante da Juditinha e levaremos medicamentos e utensílios para as crianças que nos for possível.




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Belchior
      Pode contactar o Sandino ou o Isaias:que fica muit servido

      isaiascassandra@gmail.com

      sandino.5@hotmail.com
      Soube que, entretanto, abriram mais restaurantes na cidade mais pequena do Mundo, um deles com música a vivo. Tente também arranjar quem possa fazer u passeo de barco e redor da ilha. Ouvi dizer que alguns pescadores se disponibilizam para o fazer. MAs tente levar mais gente consigo, por segurança, embora me pareça que é tudo gente boa.
      O ilhéu é muito isolado, confirmo. Mas estes meus amigos (ficamos amigos) vão tratar bem de si. Acho fantástico que leve material, escolar e medicamentos para as crianças. Vão adorar. Dê um beijinho meu à Juditinha e depois conte como foi. Boas férias!

      Eliminar
    2. Bom dia Elsa. Sou filha do Belchior. Os meus pais regressaram maravilhados com S.Tomé, mas principalmente com Príncipe. Embora não tenha ido com eles (irei em 2017 definitivamente). fiquei de tal forma sensibilizada com a falta de tudo que aquelas crianças têm, embora sejam mais felizes do que algumas que têm tudo. Criei uma pagina no facebook onde estou a tentar reunir o máximo de itens para poder de alguma forma enviar para Príncipe. Vou tentar via embaixada e pela Segurança Social que os meus pais ficaram com o contacto.
      Aqui deixo o site:
      https://www.facebook.com/juntosporprincipe/timeline

      Eliminar
    3. Olá Duarte, acho lindo o que está a fazer ao tentar reunir coisas para oferecer às crianças. Eu quando lá fui pedi autorização à TAP para levar mais de 200 quilos de bagagem com ofertas e foi tranquilo, experimente fazer o mesmo, contactando o gabinete de Relações Públicas da TAP ou da STP, caso voe com a companhia nacional de ST (têm escritório em Lisboa). Eu também sonho em regressar, com sorte ainda vou em 2016. Se for primeiro que a Ana, aviso, combinado?

      Eliminar
    4. ha muitos anos que estou apaixonada pelo príncipe. sou guia de património cultural e virada para o turismo e animação sócio-cultural. Quero ir viver para essa ilha linaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa. luisa silva

      Eliminar
    5. Somos duas Luísa, eu tenho de voltar ao Príncipe! É um diamante em bruto com paisagens soberbas e um povo maravilhoso!

      Eliminar
    6. Olá Elsa, tenho lido atentamente o seu blog, especificamente sobre São Tomé, pois estou a organizar uma viagem já em março num grupo de 6 pessoas. Vamos estar 3 dias para Príncipe e 4 em São Tomé. Relativamente à bagagem com ofertas tenho a seguinte dúvida: mesmo que consiga levar bagagem a mais há o limite de 15kg/pessoa para Príncipe, sabe dizer-me se nestes casos podemos levar kg a mais?

      Eliminar
    7. Olá Elsa, é possível levar esses kg a mais para Príncipe?

      Eliminar
    8. Olá Carmen, eu quando levei bagagem extra para oferecer a instituições fi-lo porque a TAP concordou e foi tudo combinado com antecedência. No seu caso, tenha em conta que os voos para o Príncipe não permitem transportar malas grandes já que os aviões são bem pequenos. Confirme com a companhia aérea, pois entretanto pode ter mudado. Nada como telefonar para STP a perguntar se permitem bagagem extra, explicando a sua situação.

      Eliminar
  14. Olá Elsa, tenho viagem marcada para São Tomé em junho e estou a planear 7 dias em São Tomé e 7 dias na ilha do Príncipe. Gostava de saber se aconselha ficar mais ou menos tempo em cada ilha? Não sei se será muito tempo para estar no príncipe e pouco tempo para a ilha se São Tomé. Obrigada pelas dicas no blog, tem sido preciosas para o planeamento da minha viagem. :) beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá "tia", que bom que é ler o seu post e saber que o meu blog a esta a ajudar. Ora bem, quinze dias dá e sobra para conhecer as duas ilhas. Eu só estive 3 dias no Príncipe, mas adorava ter ficado mais. Diria que o ideal são uns 6 dias em São Tomé e uns 4 no Príncipe. Apesar do Príncipe ser mais pequeno, as praias são das mais lindas que já vi e nem tive tempo de as apreciar com calma. Tente arranjar alguém para dar à volta à ilha de barco ou para fazer caminhadas. O Sandino Castilho e o Isaías Cassandra são guias excelentes! Leve o que puder para oferecer (roupas, canetas, blocos, cadernos, brinquedos) porque as crianças não têm acesso a quase nada do exterior. Tenha em conta que não há multibanco no Príncipe. Ah, e depois conte-me como foi, pode ser? Boas férias!

      Eliminar
  15. Viva,

    Eu, a minha mulher e a minha filha de 2 anos e meio vamos este Verão a São Tomé e Principe (em Agosto vamos os primeiros 20 dias) e estamos a pensar ficar a primeira semana em São Tomé, na 2ª no Principe e na 3ª novamente em São Tomé, como decidimos comprar as passagens e depois sermos nós a marcar as dormidas. Pensa que será equiibrada esta distribuição de dias pelas duas ilhas? Achámos interessante o alojamento na Santa Casa, mas será que os preços fala não serão muito diferentes? E fala que o melhor para conhecer as ilhas é com guias, mas não aconselha alugarmos um carro e irmos à aventura? E tem uma ideia de qunto custa alugar um carro com guia(por dia). Peço desde já desculpas por este matraquilhar de perguntas mas à medida que se aproxima as perguntas cada vez são mais. Obrigado.

    Nuno Raposo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Nuno
      Em resposta às suas questões, 3 semanas chega e sobra para visitar as duas ilhas. Eu gostei mais da Ilha do Príncipe mas é bem mais pequena que a Ilha de São Tomé. Tudo depende do que procura. Se quer praias desertas e sossego, o Príncipe é mais indicado. Se prefere estar mais perto da agitação, passe mais tempo em São Tomé. Tanto quanto sei, é possível alugar carro mas convém que alugue um 4x4 e que tenha bastante prática para enfrentar más estradas (principalmente no sentido norte). Convém ter um bom mapa para encontrar as roças mais interessantes de visitar pois a sinalética não é muito boa. Por outro lado, com os passeios guiados a custarem agora cerca de 70 euros por pessoa (os preços subiram bastante com o aumento de voos para a São Tomé), vai poupar bastante se alugar carro. MAs basta alugar durante uns 5 ou 6 dias, pois em 3 dias consegue ver a ilha toda (com guia). Em São Tomé, não se esqueça de ver qual a programação do centro cultural Cacau. Quanto à estadia, eu recomendo a Santa Casa para estadias curtas, pois não prima propriamente pelo conforto. Desde que lá fui, sei que abriram novas unidades de alojamento, eu tentava negociar um valor especial para uma estadia mais longa. Se precisar de ajuda, volte a escrever pois posso tentar contactar uns amigos que lá vivem para saber quais as melhores alternativas neste momento. Pode matraquilhar à vontade :-)

      Eliminar
    2. Olá Nuno,
      Uma vez que planeio ir a São Tomé com uma criança (5 anos) pergunto-lhe como está a correr a sua viagem!! :)
      Obrigada.

      Eliminar
  16. Boa tarde,

    Pela sua resposta parece-me que é perfeitamente possível alugar um carro e conhecer a ilha sem guia. Nós gostaríamos de o fazer mas temos algum receio de não conseguir encontrar oss locais que mais valem a pena. É possível dar-nos uma ajuda a programar a viagem com a indicação dos melhores locais para visitar. Mais uma pergunta, por acaso conhece algum couchsurfer em são tomé e em principe onde possamos ficar alojados?
    Mais uma vez obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nuno, é possível alugar carro sim, mas as estradas não primam pela sinalética, pode demorar algum tempo a encontrar os locais que pretende visitar. E, por vezes, é mesmo preciso atravessar riachos, convém que tenha mesmo experiência a acinduzir um 4X4. Eu não me atreveria a ir para estradas muito más (na altura em que lá estive, as estradas para norte eram máximas mas a estrada para sul, em direcção ao Ilhéu das Rolas, era melhor do que eu pensava), Quanto aos melhores locais a visitar, está aqui tudo no Blog e a ilha é pequena, pelo que irá passar pr todos eles: praias, roças e cascatas. Couchsurfing nunca fiz, mas trocas de casa sim, faço muitas vezes e adoro (pesquise em www.trocacasa.pt). Mas nada como pesquisar nos sites criados para o efeito. Veja os anúncios de apartamentos do airbnb (www.airbnb.com) em São Tomé, há mais oferta do que eu julgava. Depois cote onde ficou pois para o ano evo lá voltar e a minha amiga que me dava alojamento já lá não mora. Se tiver mais perguntas, volte a escrever :-)

      Eliminar
  17. Olá elsa,

    Mais uma vez cá estou a chatear:). Estou a tentar marcar dormida na Santa Casa da misericórdia do Príncipe e não estou a conseguir. Já pedi a um amigo de são tomé e ele também nao tem conseguido. Tem algum contacto que me possa dar para eu fazer a marcação das dormidas? Obrigado,Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nuno, a informação mais recente que tenho é esta: O número de telefone da pessoa que agora está responsável pela Santa Casa é o 9927808. A pessoa responsável pelas reservas chama-se Milai. Foi este o número que ligou?

      Eliminar
    2. Boa tarde,

      Eu também estou a tentar ligar a casa da Misericordia mas não consigo, sabem se há outro numero de telefone ou correio electronico?

      Eliminar
    3. Olá Yolanda, aqui tem o numero: 00239 9906559, fale com a D. Isilda e, caso faça reserva, ligue novamente em vésperas de viajar pois uma amiga minha reserva quarto e, por acaso, ligou para lá uns dias antes de chegar e tinham ocupado o quarto dela... Teve de ir para a Pensão D&D que tem página no booking e cumpre os requisitos mínimos. Depois conte onde ficou e se gostou, pode ser? Obrigada e boas férias.

      Eliminar
    4. Olá Elsa,
      Muito obragada pela ajuda mas já reservamos no outro sitio, na casa da palhota que está também em Principe. Quando estivermos lá vou dando noticias sobre a viagem.
      Cumprimentos,
      Yolanda

      Eliminar
  18. olá elsa. Tou a pensar ir 15 dias ao Príncipe em Outubro. A S. Tomé não. Como estaremos de SCM? já foi lá este ano? Obrigada

    ResponderEliminar
  19. Olá Elsa,
    Em Setembro vou dez dias a S. Tomé e Principe. E gostaria de passar cerca de 2 a 3 noites na ilha do Principe, mas com uma estadia em conta. Será que pode me dar o contacto atual da Santa Casa? Acha que conseguir ligar e reservar com 2 meses de antecendência, será efetivo? Obrigada :) Fernanda Pereira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fernanda, a Santa Casa do Príncipe já tem página de facebook. Escreva-lhes ou telefone para reservar quarto. Neste link, encontra os contactos da Pensão Mira Rio e da Pensão Arca de Noé: http://www.visitprincipe.com/hotel/mira-rio.html
      Se puder, depois conte-me onde ficou e que tal foi a experiência. Obrigada

      Eliminar
  20. Olá Elsa,

    Muito obrigada pela ajuda. Claro que sim, irei partilhar a experiência na ilha do Principe.

    Obrigada

    ResponderEliminar